Sábado, 24 de Maio de 2008
Olhão hoje é notícia em

 

 

 Aluno de escola de Olhão venceu concurso de contos «Moura Floripes»

 

O conto de Lucas Dias, aluno do 7º E da Escola EB 2,3 José Carlos da Maia, de Olhão, foi o vencedor do concurso inter-escolas «Moura Floripes» promovido pela produtora JumpCut, a propósito da estreia do filme «Floripes», do realizador Miguel Gonçalves Mendes.

O Lucas Dias recebeu como prémio um cheque fnac no valor de 50 euros, um DVD do filme e vê agora o seu conto publicado no «barlavento», no âmbito do apoio que o nosso jornal deu a este concurso.

O segundo lugar coube a Cátia Guerreiro, do 7º B, da Escola Prof. Eduarda Nogueira, também de Olhão, que recebeu uma menção honrosa e um DVD do filme.

Para a escolha do melhor conto, o júri teve em conta itens como o respeito pelas premissas apresentadas para o concurso (escrever um novo final para a história), ideia original, progressão da narrativa, humor e escrita em português.

Um ano após a estreia e oito mil espectadores depois, «Floripes» já passou do cinema para o circuito comercial de venda directa, com o lançamento, em Abril passado, do DVD do filme que retrata a lenda da moura de Olhão.

No DVD são disponibilizados diversos extras, como a versão do filme feita para a Faro Capital Nacional da Cultura 2005, com 67 minutos, além de trailers e uma galeria de fotografias da rodagem.

O DVD está à venda nas lojas da Fnac, bem como nas grandes superfícies da cidade de Olhão.



O conto vencedor:

Finalização do filme «Floripes»

…Julião ressuscitou e juntou-se a Floripes para poder encontrar alguém que conseguisse livrá-los do encanto. Enquanto a moura seduzia os homens, Julião, que agora sofria do mesmo feitiço, apenas matava as mulheres que não conseguissem atravessar a ria.

Assim que as primeiras mulheres começaram a aparecer mortas, todas as pessoas começaram a pensar no que se estava a passar. No princípio, a população pensou que fosse a Floripes a responsável.

Um certo dia, Aninhas, mulher do Julião, apareceu e viu-o, foi falar com ele, desconhecendo que se tratava do autor das mortes. Então o jovem rapaz lembrou-se da sua vida passada e do seu filho, já nascido (por sinal era lindo, o seu filho) e pediu para que se fosse embora (não queria que ela caísse em tentação). Mas ela recusou-se, disse-lhe que ainda o amava e fazia tudo por ele.

Então ele perguntou:

- Eras capaz de fazer tudo por mim? Atravessa a ria com uma vela acesa, mas tem cuidado, a chama nunca poderá apagar-se.

- Vou tentar, meu amor, por ti e pelo teu filho, que precisa de um pai.

De seguida, a rapariga pegou numa vela, entrou nas águas tépidas da ria e desapareceu entre a escuridão. Apenas uma luz ténue se via ao longe. Entretanto…

Julião debruçou-se sobre o corpo do seu antigo amor e arrancou-lhe o coração ensanguentado, mas ainda palpitante. De repente, algo de surpreendente acontecera…a vela encontrava-se à beira das águas da ria e a chama estava ligeiramente acesa.

Então Julião, que arrancara o coração da Aninhas, libertou-se do seu encanto, mas viveu atormentado até morrer com o remorso de ter morto o seu primeiro e antigo amor da sua vida.

Realizado por: Lucas Dias, nº21, 7º E
 

 barlavento online

 
 

  TURISMO RESPONSÁVEL em discussão a 30 de Maio em Olhão 

programa completo

 
 
O auditório do Parque Natural da Ria Formosa, na Quinta de Marim, em Olhão, vai receber, no próximo dia 30 de Maio, uma palestra sobre o tema “Turismo Responsável – Contributo para o desenvolvimento Sustentado das zonas Costeiras”.

O evento procura lançar “um debate e troca de ideias sobre o turismo responsável e seu contributo no desenvolvimento social, económico e ambiental de uma região”.

A sessão de abertura, às 10:00 horas, conta com a participação do presidente da Câmara Municipal de Olhão, Francisco Leal, do director de Áreas Classificadas do Sul do Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB) e do responsável da empresa Blind Note, Pedro Franco.

Depois, realizam-se, com moderação da jornalista Elisabete Rodrigues, as prelecções da eurodeputada socialista Jamila Madeira, de um docente da Universidade do Algarve, Adão Flores, e da representante da associação espanhola Turismo Justo, Maria Mauad.

A conferência, com entrada gratuita, é organizada pela câmara de Olhão, ICNB, Blind Note e Almargem.
 

o blog que mano Zé destaca esta semana

Rede Concelhia de Bibliotecas de Olhão

 

aqui pode explorar o que a CMO tem como eventos comemorativos dos 200 anos de Olhão

 Maio 2008

27 28 29 30 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

 
 Onde encontra a gasolina mais barata (em Portugal) ?
Procure aqui 
 


mano zé às 08:06
link do post | comentar

acompanhe a
blogosfera olhanense actualizada a cada meia hora

 

     aqui

visitantes desde 26/12/2008

arquivos

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

subscrever feeds