Segunda-feira, 9 de Junho de 2008
Olhão é notícia

Ana Cabecinha, atleta de Pechão, poderá ser preterida, na ida aos Jogos Olímpicos de Pequim, por causa da sua juventude.

 

 Bairros dos pescadores, em Olhão, podem ser pólos de atração turística.

Defendido no debate sobre "Turismo Responsável"

 

Genuinidade da arquitectura, dialectos próprios e tradições gastronómicas têm possibilidade de virar atracção e mudar oferta turística da região, garante especialista. Olhão é apontado como «potencial exemplo».

A cidade de Olhão deve aproveitar o potencial dos bairros tradicionais de pesca, revitalizando-os e transformando-os em novos produtos turísticos.

A mensagem foi deixada por Adão Flores, membro do Centro de Investigação de Desenvolvimento e Economia Regional (CIDER) da Universidade do Algarve (UAlg), durante um seminário sobre Turismo Sustentável, realizado em Olhão, onde esteve em avaliação o papel do turismo na atenuação das desigualdades sociais.

Segundo o especialista da UAlg, já não é possível «ficar agarrado à ideia de que o património é apenas uma pedra com 500 anos», aconselhando, por isso, uma mudança no padrão dos investimentos.

«Os bairros dos pescadores de Olhão não foram até hoje olhados com o devido interesse, mas está ali um recurso com potencialidade para ser desenvolvido e direccionado para o turista», advertiu.

Segundo o académico, a atracção pela genuinidade e a originalidade fazem agora parte do perfil do turista do século XXI, pelo que a gastronomia e os dialectos locais podem ser potenciais «motivos de interesse».

«Olhão é inclusivamente uma cidade que está a dar os primeiros passos no turismo e cujo perfil da costa não está muito alterado. Por isso, ainda há tempo para desenvolver uma solução sustentável, inclusiva e com capacidade de envolver a comunidade local», lembrou.

Por esta razão, foi igualmente lançada a ideia de que é necessário diversificar a oferta turística ligada ao mar, sendo apontada a necessidade de a Região de Turismo do Algarve (RTA) se dedicar mais ao «desenvolvimento» de novos produtos turísticos e não tanto à vertente promocional.

«Se pesquisarmos o sítio do Turismo do Algarve vemos, por exemplo, que a pesca é apenas classificada nas vertentes submarina, grossa e à linha e descrita como potenciadora de momentos de tranquilidade e emoção», adverte Adão Flores.

«Isto não chega. Basta dizer que há duas semanas estiveram cá jornalistas alemães, para fazer um trabalho sobre turismo de natureza, e foram técnicos da associação Almargem que mostraram a região aos repórteres», exemplificou o investigador.


Turismo não tem respeitado direitos sociais

A eurodeputada Jamila Madeira entende que a indústria do turismo tem «subtraído» direitos aos trabalhadores do sector e considera que a sazonalidade tem sido a responsável pela falta de qualificação da mão-de-obra algarvia.

A eurodeputada, que falava em Olhão à margem de um seminário organizado pela associação ambientalista Almargem, alertou para um sucessivo «descartamento dos trabalhadores», sobretudo a mão-de-obra imigrante, normalmente utilizada de uma forma temporária na construção dos grandes empreendimentos.

O tema do emprego – de resto transversal ao debate – voltou a ser abordado pelo investigador Adão Flores, que salientou o facto de os grandes investimentos turísticos do Algarve não serem sinónimo de trabalho qualificado.

«Estão até a surgir, no Algarve, empreendimentos com certificados ambientais. Mas depois verifica-se que a gestão do hotel continua a ser internacional e apenas um ou outro quadro intermédio é português».

«Quem está no serviço de quartos ou a servir às mesas não é, normalmente, qualificado, por isso não sei se vale a pena estar a falar em turismo sustentável», concluiu o membro do CIDER.

barlavento online


 

 



mano zé às 08:07
link do post | comentar

acompanhe a
blogosfera olhanense actualizada a cada meia hora

 

     aqui

visitantes desde 26/12/2008

arquivos

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

subscrever feeds